FGV lança fundo de investimentos para fomentar a agricultura na África

Iniciativa tem como proposta combinar o expertise brasileiro no agro e captação de recursos, a fim de promover o progresso social, ambiental e econômico de Moçambique
São Paulo FGV - 06/07/2012

A Fundação Getulio Vargas (FGV) lança na próxima quarta-feira (04), na Embrapa em Brasília (DF), um fundo de investimentos que tem como objetivo fomentar a agricultura no continente africano.

A iniciativa, batizada de Fundo Nacala – região de Moçambique -, conta com apoio da Agência Brasileira de Cooperação (ABC), da Organização das Nações Unidas para a Agricultura e Alimentação (FAO), da Embrapa, da Câmara de Comércio e Indústria Brasil-Moçambique, do Ministério de Agricultura da República de Moçambique (MINAG), da Japan Internacional Cooperation Agency (JICA) e da 4IGREEN.
 
Desenvolvido pela FGV Projetos, o Fundo Nacala tem como proposta combinar o expertise brasileiro no agro e captação de recursos, a fim de promover o progresso social, ambiental e econômico de Moçambique.
 
Segundo a FGV, o fundo está alinhado às estratégias de atração de investimentos privados do programa ProSAVANA-JBM, realizado no âmbito de cooperação trilateral entre Japão, Brasil e Moçambique e segue as diretrizes do ProSAVANA-PD – Plano diretor para o Desenvolvimento da Agricultura do Corredor de Nacala.
 
 

 

Publicidade